Pérola

Berilo
12/11/2019
Crisoberilo
13/11/2019

Pérolas – Muito cultivadas

Pérolas são gemas orgânicas, criadas quando uma ostra cobre um objeto estranho com belas camadas de nácar.

Há muito tempo, as pérolas eram ativos financeiros importantes, comparáveis ​​em preço aos imóveis, pois milhares de ostras precisavam ser procuradas por apenas uma pérola. Eles eram raros porque foram criados apenas por acaso.

Hoje as pérolas são cultivadas pelo homem. As contas de concha são colocadas dentro de uma ostra e a ostra é devolvida à água. Quando as pérolas são colhidas mais tarde, a ostra cobriu o cordão com camadas de nácar. A maioria das pérolas cultivadas é produzida no Japão. Nas águas mais quentes do Pacífico Sul, ostras maiores produzem pérolas cultivadas no Mar do Sul e pérolas cultivadas no Taiti, que são maiores em tamanho. As pérolas de água doce são cultivadas em mexilhões, principalmente na China.

A qualidade das pérolas é julgada pelo oriente, que é a suave iridescência causada pela refração da luz pelas camadas de nácar e brilho, pela refletividade e pelo brilho da superfície. As pérolas finas não apresentam falhas ou manchas no nácar: têm uma textura uniforme e suave. Outros fatores que afetam o valor são a regularidade da forma, tamanho e cor: as tonalidades de rosa são as mais favorecidas.

Pérolas cultivadas e naturais podem ser distinguidas das imitações por um teste muito simples. Pegue a pérola e esfregue-a (delicadamente!) Contra a borda de um dente. Pérolas cultivadas e naturais parecerão um pouco ásperas, como uma lixa fina, devido à textura do nácar natural. As imitações parecerão tão suaves quanto o vidro, porque a superfície é moldada ou pintada em um cordão liso.

Texto original em inglês em: International Colored Gemstone Association

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *